Desculpe, o seu navegador não suporta JavaScript!

Saúde do trabalhador

30 de Abril de 2020 às 19:48

Servidores da Ufopa e diversos outros trabalhadores precisaram mudar a sua rotina e se habituar ao trabalho remoto em meio à pandemia. Como se adaptar a essa nova dinâmica? Para tornar mais fácil e saudável a nova realidade, preparamos uma campanha com orientações dos profissionais da Diretoria de Saúde e Qualidade de Vida (DSQV).

 

Cuide-se em casa: como aliviar dores e manter atividade física

A fisioterapeuta Marissol Almeida explica como podemos ajustar o espaço de trabalho para manter a boa postura e evitar dores no corpo. Para não ficarmos sedentários, ela mostra uma série de exercícios que podem ser feitos em casa, sem uso de equipamentos e com baixo risco de lesão. Clique aqui e confira a matéria completa.

 

Cuide-se em casa: organizando uma rotina alimentar saudável

Vamos incluir hábitos saudáveis na nossa rotina? O nutricionista Marcello Baima lembra que uma alimentação adequada permite que o organismo tenha à disposição vitaminas e minerais que auxiliam no bom funcionamento do sistema imune. Ele também dá dicas de como ter sempre à mesa alimentos frescos e nutritivos. Clique aqui e confira a matéria completa.

 

Cuide-se em casa: orientações para a rotina de trabalho remoto

Nas últimas semanas, quantas vezes você já respondeu a mensagens de trabalho mesmo sendo tarde da noite? Ou se sentiu culpado porque não conseguiu dar conta das demandas do trabalho como antes? A psicóloga Daniele Sousa passa algumas recomendações para organizar o trabalho em casa e manter o equilíbrio com a vida pessoal. Clique aqui e confira a matéria completa.

 

Cuide-se em casa: mantendo a saúde mental durante a pandemia

Não saber lidar com o isolamento social, medo de adoecer, preocupação com que alguém querido seja infectado, obsessão por limpeza. Todas essas emoções têm impacto sobre o organismo e podem prejudicar significativamente a qualidade de vida de uma pessoa. O psicólogo Ruy Guilherme Assis ensina como gerenciar as emoções durante este período e identificar o momento em que é preciso buscar ajuda profissional. Clique aqui e confira a matéria completa.

-

Comunicação/Ufopa