Desculpe, o seu navegador não suporta JavaScript!

UNIVERSIDADE FEDERAL DO OESTE DO PARÁ

Instituto de Ciências da Sociedade

Buscar somente nesse site.

Ultima atualização em 8 de Fevereiro de 2022 às 10:59

Ciências Econômicas

INFORMAÇÕES GERAIS DO CURSO

Denominação do Curso: Bacharelado em Ciências Econômicas
Título Conferido: Bacharel em Ciências Econômicas
Coordenador: Profa. Dra. Zilda Joaquina Cohen Gama dos Santos
Vice-Coordenador: Profa. Dra. Andrea Simone Rente Leão    
E-mail da coordenação: economia.ics@ufopa.edu.br
Carga Horária Total: 3400 horas
Modalidade: Presencial
Regime de Matrícula: Semestral

O curso de Bacharelado em Ciências Econômicas da Ufopa existe desde 2011 e foi concebido a partir da visão de que a formação do Economista deve estar fundamentada em bases integrativas entre Ensino, Pesquisa e Extensão, bem como na interdisciplinaridade, buscando a interação com outras Ciências.
Em 2021 o curso passou pela primeira revisão no seu Projeto Pedagógico que trouxe muitas mudanças, porém nessa sua nova perspectiva o curso permanecerá com uma concepção voltada para uma formação pluralista, interdisciplinar e integrativa, sustentada nos seguintes aspectos:

  1. A interdisciplinaridade, será trabalhada ao longo de todo o curso através de eventos, projetos de ensino, pesquisa e extensão, não havendo mais a necessidade do aluno ingressar em um semestre de Formação Interdisciplinar;
  2. A integração, que vem sendo trabalhada continuará dentro de uma perspectiva de integrar Ensino, Pesquisa e Extensão tanto com atividades específicas e definidas na matriz curricular do curso, com a componente curricular Práticas Integradoras de Extensão (PIEx), como através dos grupos e projetos de ensino, pesquisa e extensão, desenvolvidos pelo o curso e na Instituição; e,
  3. A pluralidade atenderá as Diretrizes Curriculares dos Cursos de Ciências Econômicas e será apreendida em uma matriz curricular com amplas possibilidades teóricas e metodológicas, culminando com a ênfase na temática do Desenvolvimento Econômico e Regional, eixo central das discussões propostas pelo curso.

 

LISTA DE DOCENTES DO CURSO

Abner Vilhena de Carvalho
Adriano Lima Araújo
Andrea Simone Rente Leão
Elen Cristina da Silva Pessoa
Ênio Erasmo de Oliveira Ramalho
Jarsen Luis Castro Guimarães
Jhonata da Silva Perreira
Leila de Fátima de Oliveira Monte
Luiz Gonzaga Feijão da Silva
Sandro Augusto Viégas Leão
Tarcísio da Costa Lobato
Zilda Joaquina Cohen Gama dos Santos

 

OBJETIVO GERAL

O bacharelado em Ciências Econômicas visa promover a formação de profissionais aptos a compreender, interpretar e atuar em processos relacionados ao desenvolvimento no âmbito da Amazônia, do Brasil e do Mundo.

 

OBJETIVOS ESPECÍFICOS

  1. Proporcionar aos discentes os conhecimentos fundamentais das Ciências Econômicas no âmbito teórico e prático;
  2. Oferecer um instrumental teórico e técnico que estimule um pensar criativo para a compreensão de mudanças no seu campo de conhecimento e em áreas transdisciplinares; e,
  3. Fornecer instrumentais analíticos e críticos que permitam analisar o sistema econômico como inerentes e interdependentes dos contextos históricos, sociais e políticos da Amazônia, do Brasil e do Mundo a partir de processos relacionados ao desenvolvimento.

 

NÚMERO DE VAGAS

O planejamento do curso que deu origem ao primeiro Projeto Pedagógico do Curso em 2013, alinhado ao Plano de Desenvolvimento Institucional, considerou a infraestrutura física, bem como o corpo docente planejado (12 docenetes integralmente vinculados ao curso além dos outros docentes que eventualmente atendem demandas específicas e que estão vinculados a outras Unidades Acadêmicas) para definir o número de vagas ofertadas anualmente. Considerando que não houve mudanças nesse planejamento inicial e que após o último concurso realizado em 2014 o corpo docente encontra-se em formação, considerando ainda a experiência com as turmas concluintes, avalia-se que a oferta de 40 vagas anuais permanece sendo o quantittativo ideal para o curso de Ciências Econômicas da UFOPA.

 

FORMAS DE INGRESSO NO CURSO

O ingresso ao curso de Bacharelado em Ciências Econômicas da Ufopa ocorre por meio das formas regulares e especiais, em acordo com o Regimento de Graduação da Universidade vigente, conforme dispostos na Resolução Nº 331/2020, de 28 de setembro de 2020, nos Título IX e X.

Conforme disposto no Art. 18, as formas regulares de ingresso são:

  • Processo Seletivo Regular (PSR);
  • Processo Seletivo Especial (PSE);
  • Progressão Acadêmica;
  • Mobilidade Acadêmica Interna (Mobin);
  • Mobilidade Acadêmica Externa (Mobex);
  • Transferência ex officio;
  • Programas governamentais específicos;
  • Outras formas de ingresso, desde que aprovadas pelo Consepe.

Adverte-se que, com exceção da transferência ex officio, as demais modalidades de ingresso enumeradas neste artigo serão regulamentadas por edital específico. Enfatiza-se, quanto ao item VIII que, em consonância com o regimento de graduação vigente, Art. 205 que o Consepe pode definir novas formas de ingresso nos cursos de graduação, desde que apresentado projeto com justificativa e motivação que indique claramente os instrumentos de seleção dos candidatos e a origem das vagas.

 

COMPETÊNCIAS E HABILIDADES

  1. Uma base cultural ampla, que possibilite o entendimento das questões econômicas no seu contexto histórico-social, estimulando uma abordagem interdisciplinar das especificidades amazônicas e suas relações com a economia global;
  2. Garanta a capacidade analítica, visão crítica e competência para adquirir novos conhecimentos;
  3. Proporcione a capacidade de diálogo e interação com profissionais de outras áreas, preparando esse profissional para participação em equipes interdisciplinares, com pleno domínio de sua disciplinaridade;
  4. Habilite a uma efetiva comunicação e expressão oral e escrita;
  5. Capacidade de tomada de decisões e de resolução de problemas numa realidade diversificada e em constante transformação;
  6. Desenvolver raciocínios logicamente consistentes, para utilizar o instrumental econômico para analisar situações históricas concretas;
  7. Ler e compreender textos econômicos, de forma a diferenciar correntes teóricas a partir de distintas políticas econômicas e utilizar adequadamente conceitos teóricos fundamentais da ciência econômica;
  8. Elaborar pareceres, relatórios, trabalhos e textos na área econômica; e,
  9. Utilizar formulações matemáticas e estatísticas na análise dos fenômenos socioeconômicos.

 

Saiba mais: