Você está aqui: Página Inicial Notícias 2017 Maio Palestra aborda consequências de danos ambientais à saúde das populações amazônicas

Palestra aborda consequências de danos ambientais à saúde das populações amazônicas

Palestra aborda consequências de danos ambientais à saúde das populações amazônicas

Público poderá ver exposição "Amazônia em Imagens" durante o evento. Foto: Erik Jennings.

O Programa de Pós-Graduação em Ciências da Sociedade (PPGCS) da Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa) promove no dia 10 de maio, de 19h às 22h, a palestra “Danos ambientais amazônicos e suas consequências na saúde humana: desafios metodológicos para seu enfrentamento”, com o médico e ambientalista Erik Leonardo Jennings Simões. O evento ocorrerá no Auditório Anexo da Unidade Amazônia.

Erik Jennings é especialista em atendimento a grupos indígenas da Amazônia, conhecido por buscar a relação entre a medicina convencional e o conhecimento tradicional. Na palestra, abordará a relação entre meio ambiente e saúde, como a poluição de mercúrio no rio Tapajós com a incidência de doenças neurológicas e a derrubada de árvores com o aumento da exposição a doenças tropicais.

Também haverá a mostra fotográfica “Amazônia em Imagens”, de autoria do palestrante, com a curadoria do professor Rubens Elias da Silva, vinculado ao PPGCS. São 26 fotografias que retratam o modo de vida, a alimentação e a cultura material do povo Zo'é, do noroeste do estado do Pará.

A ação faz parte da disciplina Antropologia e Natureza, ministrada pelo professor Rubens da Silva. De acordo com ele, "a ação do programa contempla os direitos humanos e a justiça relacionados à promoção do acesso à saúde coletiva de povos tradicionais".

"A universidade, desde sua criação, contemplou uma forma de saber normatizado, construído dentro de métodos racionais e que, em certa medida, expulsaram outras formas de entendimento do mundo. É muito importante trazer esse tipo de debate para que a universidade tente estabelecer um diálogo com outras formas de saberes práticos. É preciso que nos sensibilizemos de que é possível compreender a perspectiva do outro e vejamos como é que esses povos [tradicionais da Amazônia] podem nos ajudar a compreender a nossa sociedade", enfatiza o professor sobre a importância de abordar temas como este.

Para participar não é necessária inscrição. O evento é aberto ao público. Aos participantes serão emitidos certificados com carga horária do evento.

Luena Barros - Comunicação/Ufopa

9/5/2017