[1]
P. F. Marchioro, “A reorganização dos arranjos subjetivos a partir da construção de um inimigo comum”, RCS, vol. 2, nº 3, p. 223-237, ago. 2018.