Relações Étnico-Raciais: currículo, avaliação, educação e diversidade

Autores

  • Mário Luiz de Souza
  • João Paulo Carneiro

DOI:

https://doi.org/10.24065/2237-9460.2019v9n5ID1104

Resumo

Este artigo propõe discutir na esfera das relações étnico-raciais, currículo, avaliação, educação e diversidade. Diante do desafio proposto dialogamos com autores que compreendem “raça” e racismo na dimensão social e política, ou seja, como categoria analítica indispenásvel na luta para uma educação antirracista (GUIMARÃES, 2009; HALL, 2013; MUNANGA, 2012; SCHWARCZ, 1993; DOMINGUES, 2004; SKIDMORE, 2002; SANTOS, 1997). No campo do currículo travamos um debate no sentido crítico, pós-critico e pós-estruturalista (ARROYO, 2011; APPLE, 2011; HALL, 2014; SILVA, 2010; GIROUX, 2011; MACLAREN, 2011). No âmbito de uma pedagogia da diversidade, a perspectiva da interculturalidade (CANDAU, 2014; MUNANGA, 2014; GOMES, 2010). Uma breve análise de algumas questões de história no caderno de avaliação do SAERJINHO (2013-2014). Possibilitando assim, uma educação democrática na dimensão do respeito à diferença, à equidade e no empoderamento dos grupos inferiorizados no processo histórico.

 

Palavras-chave: Relações Étnico-Raciais. Currículo. Diversidade.

Downloads

Publicado

2019-12-11

Como Citar

de Souza, M. L., & Carneiro, J. P. (2019). Relações Étnico-Raciais: currículo, avaliação, educação e diversidade. Revista Exitus, 9(5), 160-189. https://doi.org/10.24065/2237-9460.2019v9n5ID1104

Edição

Seção

Artigos