O projeto educação 2030 da OCDE: uma bússola para a aprendizagem

Autores

  • Maria Abádia da Silva
  • Edison Flávio Fernandes

DOI:

https://doi.org/10.24065/2237-9460.2019v9n5ID1108

Resumo

O presente artigo analisa o projeto Education 2030: The Future of Education and Skills, instituído pela OCDE em 2015 e que propõe uma matriz conceitual de aprendizagem e a criação e condução de um currículo internacional formado a partir de uma bússola de aprendizagem. Tal concepção entrelaça novas competências (conhecimentos, habilidades, atitudes e valores) a serem inseridas nos currículos escolares dos países. Aponta as formas de atuação da OCDE na área educacional, os elementos visíveis e invisíveis do projeto e como a Educação Básica torna-se um nicho estratégico de exploração econômica e tecnológica. Ofusca-se, assim, o princípio da educação como um direito social e subjetivo, deslocando-se e favorecendo-se sua oferta como um serviço público consoante às regras de livre mercado.

 

Palavras-chave: OCDE e Educação Básica. Currículo Escolar. Competências e Habilidades.

Downloads

Publicado

2019-12-11

Como Citar

da Silva, M. A., & Fernandes, E. F. (2019). O projeto educação 2030 da OCDE: uma bússola para a aprendizagem. Revista Exitus, 9(5), 271-300. https://doi.org/10.24065/2237-9460.2019v9n5ID1108

Edição

Seção

Artigos