Opiniões de mães e profissionais sobre a sexualidade de pessoas com deficiência intelectual

Autores

  • Josiane Peres Gonçalves
  • Maria Madalena Freitas Barbosa

DOI:

https://doi.org/10.24065/2237-9460.2020v10n0ID1143

Resumo

O objetivo deste estudo é investigar sobre a sexualidade de pessoas com deficiência intelectual, segundo a perspectiva de profissionais e familiares que convivem com essa realidade. A pesquisa de natureza qualitativa foi realizada com três profissionais e três responsáveis por pessoas adultas com deficiência intelectual. Os resultados indicam que existem alguns mitos em relação ao assunto que não se confirmam na prática, havendo a necessidade de superação desses mitos. Conclui-se que a sexualidade é a mais normal das características humanas sentidas por todos e, sendo assim, todos têm o direito de usufruí-la, inclusive as pessoas que têm deficiência intelectual. 

 

Palavras-chave: Sexualidade. Deficiência Intelectual. Educação sexual.

Downloads

Publicado

2020-01-01

Como Citar

Gonçalves, J. P., & Barbosa, M. M. F. (2020). Opiniões de mães e profissionais sobre a sexualidade de pessoas com deficiência intelectual. Revista Exitus, 10(1), e020021. https://doi.org/10.24065/2237-9460.2020v10n0ID1143

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

Obs .: Este plugin requer que pelo menos um plugin de estatísticas / relatório esteja ativado. Se seus plugins de estatísticas fornecerem mais de uma métrica, selecione também uma métrica principal na página de configurações do site do administrador e / ou nas páginas de configurações do gerente da revista.