As políticas educacionais da nova República: do governo Collor ao de Lula

Autores

  • Mara Regina Martins Jacomeli

Resumo

O texto apresenta reflexões sobre as políticas públicas para a educação brasileira, a partir do governo Collor até o de Lula. Para tanto, de forma concisa, analisamos as políticas educacionais implementadas desde a década de 1990 e sua relação com o desenvolvimento econômico brasileiro. A tese central das idéias aqui apresentadas é a de que todos os governos abordados compactuam com o mesmo modelo de sociedade, qual seja, a capitalista. O que vai diferir um do outro é a atuação mais democrática e mais social, visando ao desenvolvimentos de mais classes sociais, em detrimento de outra, mais centralizadora, autoritária e voltada para apenas alguns grupos sociais. A partir dessa inferência afirmamos que as políticas educacionais então propostas são qualitativamente e quantitativamente diferenciadas.

 

Palavras-chave: Políticas públicas educacionais. História da educação brasileira.

Downloads

Não há dados estatísticos.

##plugins.generic.paperbuzz.metrics##

Carregando Métricas ...

Downloads

Publicado

2017-01-25

Como Citar

JACOMELI, M. R. M. As políticas educacionais da nova República: do governo Collor ao de Lula. Revista Exitus, [S. l.], v. 1, n. 1, p. 119-128, 2017. Disponível em: http://www.ufopa.edu.br/portaldeperiodicos/index.php/revistaexitus/article/view/211. Acesso em: 29 jun. 2022.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)