[1]
E. Piolli, “O processo de mercantilização da educação e o novo ciclo de reformas educacionais no Brasil pós-golpe institucional de 2016”, Rev. Exitus, vol. 9, nº 1, p. 17-33, jan. 2019.