Revista Exitus http://www.ufopa.edu.br/portaldeperiodicos/index.php/revistaexitus <div><img src="blob:http://www.ufopa.edu.br/0158ecc2-56c7-4bf8-867e-ebe2b4272939" alt="" /> </div> <div>A Revista Exitus da Universidade Federal do Oeste do Pará/UFOPA, é um períodico de Publicação Contínua. Tem como metas incentivar o debate e propiciar a divulgação da produção científica, como veículo de diálogo permanente entre os profissionais da Educação. Assim, seu projeto editorial visa contribuir para a difusão do conhecimento na área da educação, por meio de temáticas regionais, nacionais e internacionais. Publica trabalhos originais, referentes à área da Educação sob diferentes campos da pesquisa como: Estudos em Formação Docente, Práticas Pedagógicas, Políticas e Gestão Educacional, dentre outras temáticas da Educação. São aceitos trabalhos em português, inglês e espanhol, na forma de conferências, artigos e resenhas.</div> <div><a title="Google Scholar - Citações" href="https://scholar.google.com.br/citations?hl=pt-BR&amp;authuser=1&amp;user=qX3gtBMAAAAJ" target="_blank" rel="noopener">Google Schoolar - Citações</a></div> pt-BR Declaro que o trabalho apresentado é original, não tendo sido submetido à publicação em qualquer outro periódico nacional ou internacional, quer seja em parte ou em sua totalidade. Assim, concordo que os direitos autorais a ele referentes se tornem propriedade exclusiva da Editora da Revista Exitus, sendo vedada qualquer reprodução total ou parcial, em qualquer outra parte ou meio de divulgação impresso ou eletrônico, sem ser citada a fonte. Declaro, ainda, estar ciente de que a não observância deste compromisso submeterá o infrator a sanções e penas previstas na Lei de Proteção de Direitos Autorais (Nº 9.610, de 19/02/1998). revistaicedufopa@gmail.com (Profª. Drª. Maria Lília Imbiriba Sousa Colares) revistaicedufopa@gmail.com (Maria Lília Imbiriba Sousa Colares) dom, 10 jan 2021 00:00:00 -0300 OJS 3.2.1.3 http://blogs.law.harvard.edu/tech/rss 60 MAPAS CONCEITUAIS E METACOGNIÇÃO COMO FACILITADORES DA APRENDIZAGEM DE QUÍMICA ORGÂNICA http://www.ufopa.edu.br/portaldeperiodicos/index.php/revistaexitus/article/view/1705 <p>Este artigo apresenta parte de uma pesquisa de mestrado e tem como objetivo descrever o uso de mapas conceituais como ferramenta de análise da aprendizagem significativa de química orgânica e de questionários metacognitivos para evidenciar o desenvolvimento e/ou evolução de habilidades metacognitivas pelos alunos participantes da pesquisa. Trata-se de uma pesquisa-ação de natureza qualitativa que consistiu na aplicação de uma Unidade de Ensino Potencialmente Significativa (UEPS) composta por diferentes etapas que envolveram atividades experimentais investigativas e questões problemas aplicadas a 11 (onze) alunos da terceira série do ensino médio de uma escola pública estadual de Pau dos Ferros no Rio Grande do Norte. Foram realizadas duas análises distintas: dos mapas conceituais desenvolvidos pelos alunos ao final da unidade e dos questionários metacognitivos aplicados em quatro momentos ao longo da UEPS. Os resultados obtidos apresentam indícios de aprendizagem significativa e de desenvolvimento de habilidades metacognitivas evidenciando as contribuições da UEPS para a aprendizagem e a capacidade dos instrumentos utilizados para estimular e avaliar esse processo.</p> RENATA CUSTÓDIO DA SILVA, Ayla Márcia Cordeiro Bizerra Copyright (c) http://www.ufopa.edu.br/portaldeperiodicos/index.php/revistaexitus/article/view/1705 MAPAS CONCEITUAIS E METACOGNIÇÃO COMO FACILITADORES DA APRENDIZAGEM DE QUÍMICA ORGÂNICA http://www.ufopa.edu.br/portaldeperiodicos/index.php/revistaexitus/article/view/1704 <p>Este artigo apresenta parte de uma pesquisa de mestrado e tem como objetivo descrever o uso de mapas conceituais como ferramenta de análise da aprendizagem significativa de química orgânica e de questionários metacognitivos para evidenciar o desenvolvimento e/ou evolução de habilidades metacognitivas pelos alunos participantes da pesquisa. Trata-se de uma pesquisa-ação de natureza qualitativa que consistiu na aplicação de uma Unidade de Ensino Potencialmente Significativa (UEPS) composta por diferentes etapas que envolveram atividades experimentais investigativas e questões problemas aplicadas a 11 (onze) alunos da terceira série do ensino médio de uma escola pública estadual de Pau dos Ferros no Rio Grande do Norte. Foram realizadas duas análises distintas: dos mapas conceituais desenvolvidos pelos alunos ao final da unidade e dos questionários metacognitivos aplicados em quatro momentos ao longo da UEPS. Os resultados obtidos apresentam indícios de aprendizagem significativa e de desenvolvimento de habilidades metacognitivas evidenciando as contribuições da UEPS para a aprendizagem e a capacidade dos instrumentos utilizados para estimular e avaliar esse processo.</p> RENATA CUSTÓDIO DA SILVA, Ayla Márcia Cordeiro Bizerra Copyright (c) http://www.ufopa.edu.br/portaldeperiodicos/index.php/revistaexitus/article/view/1704 ESTADO, ECONOMIA E EDUCAÇÃO NO BRASIL: matrizes histórico-políticas dos projetos atuais em disputa, a Pedagogia das Competências e Habilidades versus a Pedagogia do Direito à Educação e dos Direitos de Aprendizagem http://www.ufopa.edu.br/portaldeperiodicos/index.php/revistaexitus/article/view/1702 <p>Para entender a prática social da Educação precisamos decifrar a sociedade que a constitui. Nessa mesma linha, para identificar as marcas dessa sociedade, o caminho indicado pela ciência e pela ação política tem sido a direção de reconstituir os processos econômicos e de buscar reconhecer os determinantes políticos que engendraram essa formação social, ao longo do tempo. Essa é nossa premissa interpretativa, a ser acompanhada no presente artigo. Nossa intenção consiste em buscar apresentar os movimentos e as ideias, a efetivar contraposições de natureza econômica e as disposições de natureza política, que foram estruturas matriciais de produção de nossa identidade como país, como civilização ou como sociedade. Depois dessa interpretação, nosso escopo consiste em buscar articular essas recomposições matriciais para caracterizar e interpretar a encruzilhada histórica e política, aberta pela década ora iniciante, para cotejar os passos e os enfrentamos no campo da Educação, das políticas públicas educacionais e da organização do campo de pesquisa e da formação de professores da Educação Básica e Superior do Brasil. Tomamos como consensuada a presença de duas grandes políticas públicas de Educação, recentemente formuladas, contrapostas e integradas, algumas vezes mais esclarecidamente, outras vezes mais tácitas ou subliminares, em disputa histórica, ideológica e política, na atualidade da pauta da Educação no Brasil. Temos a intencionalidade de que essa reflexão seja complementar aos esforços para resistir e constitua possível motivação para continuar a luta, histórica e política, por uma Educação pública, laica e universal, reclamada pela sociedade brasileira ao longo de sua existência.</p> César Nunes Copyright (c) 2021 https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 http://www.ufopa.edu.br/portaldeperiodicos/index.php/revistaexitus/article/view/1702 sex, 24 set 2021 00:00:00 -0300 DOSSIÊ TEMÁTICO: Vicissitudes de uma década http://www.ufopa.edu.br/portaldeperiodicos/index.php/revistaexitus/article/view/1701 <p>É com muita satisfação que apresentamos o Dossiê comemorativo aos dez anos da Revista Exitus. Na classificação de bodas e jubileus, dez anos remete ao <strong>estanho</strong>, elemento químico classificado como um metal maleável e resistente que, ao formar ligações químicas pode tanto doar quanto receber elétrons para atingir a estabilidade.</p> <p>Tendo seu primeiro número publicado em 2011, a Revista Exitus, a exemplo do estanho, recebe força das políticas de fortalecimento da Universidade pública, materializadas na criação da Universidade Federal do Oeste do Pará – UFOPA, em 2009, e também confere força ao movimento de criação do Programa de Pós-Graduação em Educação desta Universidade, efetivado em 2013.</p> <p>Maleabilidade e resistência são características apropriadas para definir a revista Êxitus, cujo cenário progressista de criação se reverte nos anos seguintes por influência de movimentos radicais conservadores que ameaçam qualquer forma de organização e avanço da ciência no Brasil. Nessa conjuntura, a resistência da Revista Êxitus se expressa pela interlocução que estabelece com pesquisadores/as em nível nacional e internacional, expandindo suas bases de indexação para a América Latina e a Europa.</p> Cristiane Machado, Elisangela Scaff Copyright (c) 2021 https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 http://www.ufopa.edu.br/portaldeperiodicos/index.php/revistaexitus/article/view/1701 sex, 24 set 2021 00:00:00 -0300 AS REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DE BELEZA NA INFÂNCIA: “ser bonito” tem seus limites http://www.ufopa.edu.br/portaldeperiodicos/index.php/revistaexitus/article/view/1700 <p><strong>AS REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DE BELEZA NA INFÂNCIA:</strong> <strong>“ser bonito” tem seus limites</strong></p> <p>Este texto constitui um recorte de pesquisa realizada em escola de educação infantil no município de Ananindeua-PA, com 24 crianças de 5 anos. Tem como problemática: quais as representações sociais que crianças de 5 anos possuem sobre beleza na educação infantil? Pesquisa de abordagem qualitativa (MINAYO, 2001) que combina referenciais teóricos-metodológicos das representações sociais (MOSCOVICI, 2003; JODELET, 2001), Sociologia da Infância (CORSARO, 2011; SARMENTO, 2015). Os resultados apontam que as crianças pequenas têm representações sociais de beleza e a ancoram ao cuidado e atenção que recebem da família, na afetividade e relações humanas, nas representações sociais sobre o corpo influenciadas na cultura do consumo e no “ter coisas” e ao difundido pela mídia.</p> <p>&nbsp;</p> <p><strong>&nbsp;</strong></p> Nilza Maria Cabral Feitosa Ribeiro, Tânia Regina Lobato dos Santos Copyright (c) http://www.ufopa.edu.br/portaldeperiodicos/index.php/revistaexitus/article/view/1700