Desculpe, o seu navegador não suporta JavaScript!

Proplan capacita gestores e servidores para a elaboração do Plano de Desenvolvimento Institucional

9 de Agosto de 2018 às 18:50

A Pró-Reitoria de Planejamento e Desenvolvimento Institucional (Proplan) promoveu nos dias 18 e 19 de junho de 2018 uma oficina preparatória para a elaboração do Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) 2019-2023. Intitulada “Uma abordagem sobre objetivos estratégicos”, a oficina teve por objetivo capacitar os membros da Comissão Executiva de Elaboração do PDI 2019-2023.

De acordo com o diretor de Avaliação e Informações Institucionais, Abraham Lincoln Rabelo de Sousa, o objetivo da oficina é preparar todos os membros das comissões Executiva e de Assessoramento Técnico para as atividades que vão ocorrer durante o processo de finalização do PDI, que deverá ser publicado em novembro deste ano. “Nesse caso, essa oficina é específica e visa capacitar na obtenção de objetivos estratégicos e na criação de indicadores que vão ser utilizados para balizar a construção do mapa estratégico do PDI”, explica.

Ministrada pelo servidor Ediclei dos Santos Oliveira, da Diretoria de Avaliação e Informações Institucionais (Diavi), a capacitação teve como foco a construção de indicadores e o acompanhamento do desenvolvimento institucional. A atividade foi realizada na sala de cursos da Coordenação de Desempenho e Desenvolvimento CDD, situada no prédio anexo à Unidade Amazônia.

“A oficina tem como objetivo passar conhecimento sobre a elaboração de objetivos estratégicos. Estamos vendo como transformar os temas estratégicos em resultados e ações que são os objetivos estratégicos”, explica Ediclei Oliveira. “Isso é importante para alinhar todo o conhecimento para quando chegar o momento dos grupos de trabalho das Comissões Executivas do PDI”.

Para Lincoln de Sousa, o PDI é um dos principais documentos da instituição, pois aponta a direção para onde a Universidade vai se desenvolver nos próximos anos. “Ele é tão importante que representa um processo de construção coletiva. São várias pessoas, de várias unidades, da sede e fora da sede, que participam e dão suas contribuições nos diversos eixos temáticos”.

Comunicação/Ufopa

19/6/2018

 Foto: Josemir Moreira/Comunicação Ufopa