Desculpe, o seu navegador não suporta JavaScript!
Buscar somente nesse site.

Universidade Federal do Oeste do Pará

Ultima atualização em 23 de Setembro de 2022 às 00:10

Curso Amazônia no Antropoceno discute mineração


A roda de debates começou nesta quinta-feira, 22. Nos dias 26 e 27 de setembro será ministrada oficina de narrativa jornalística e criativa

Os impactos ambientais na Amazônia estão sendo discutidos no curso Amazônia no Antropoceno, organizado pela Pulitzer Center, com realização híbrida e módulos presenciais em Belém, Santarém e Manaus. Nesta quinta-feira, 22, na Unidade Rondon da Ufopa, começou o módulo II – Santarém, com temática voltada para a ocorrência de garimpos na Amazônia.

Pela manhã, a história dos movimentos sociais e da cobertura jornalística sobre mineração, as pesquisas da Ufopa no Alto Tapajós e os estudos da dinâmica do modelo de exploração mineral estatal das últimas décadas do século XX para o atual modelo privatizador, feitos pela Universidade Federal Fluminense (UFF), foram abordados durante a mesa de debates.

Já à tarde, foram apresentadas as pesquisas que identificam os altos índices de exposição ao mercúrio, realizadas por pesquisadores da Ufopa e também por pesquisadores do Instituto Evandro Chagas, que atuam há quase 30 anos com o tema.

Nesta sexta-feira, 23, o curso continua, e nos dias 26 e 27 de setembro será ministrada a oficina de narrativa jornalística e criativa, com 20 vagas.

Sobre o curso

O curso "Amazônia no Antropoceno: reportando o presente e discutindo o futuro da floresta" é uma realização do Pulitzer Center, em parceria com universidades da Amazônia (UFPA, Ufopa, UFAC e UFAM). É voltado para estudantes universitários de graduação e de pós-graduação e foi estruturado em mesas de debates e uma oficina de narrativa jornalística e criativa.

Talita Baena — Comunicação/Ufopa

22/09/2022