Desculpe, o seu navegador não suporta JavaScript!
Buscar somente nesse site.

Universidade Federal do Oeste do Pará

Lançamento: novo site institucional da Ufopa agrega inovação e acessibilidade


28 de Março de 2018 às 18:13

Lançamento: novo site institucional da Ufopa agrega inovação e acessibilidade

Além da página principal, também serão lançados os sites das pró-reitorias

A Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa) lança nesta quarta-feira, 28 de março de 2018, o seu novo site institucional, que traz novidades relacionadas à acessibilidade e ao gerenciamento de conteúdos, além de um layout mais dinâmico. Desenvolvida pelo Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação (CTIC), a plataforma dará acesso aos sites das pró-reitorias, das unidades acadêmicas e dos campi fora da sede, além dos sistemas oficiais utilizados pela instituição.

Nessa primeira etapa, serão colocados no ar a página principal, que continuará sendo alimentada pela Coordenação de Comunicação, e os sites das pró-reitorias, que, a partir de agora, serão gerenciados pelos próprios servidores lotados nesses setores. A próxima etapa será o lançamento dos sites das unidades acadêmicas e dos campi fora da sede, que já estão em processo de construção.

Para desenvolver o layout do site principal e das pró-reitorias, o CTIC contou com o apoio do programador visual Jocelyn Alencar, da Coordenação de Comunicação, que realizou um estudo prévio para definir as cores para os sites de cada pró-reitoria. “Buscamos padronizar o layout desses sites a partir da utilização de cores pré-definidas”, explica o analista de sistemas Sérvio Santos, do CTIC. A migração de conteúdo para a nova página principal foi executada pelos assistentes em administração Daniel Ramalho e João Galúcio, lotados na Coordenação de Comunicação.

Outra atividade realizada pelo CTIC, em parceria com a Coordenação de Comunicação, foi a capacitação dos servidores que atuarão como conteudistas, publicando informações e documentos institucionais nas páginas das pró-reitorias. Além de aprender a postar os conteúdos no novo sistema, os servidores também receberam noções básicas sobre a produção de texto jornalístico e conteúdo informativo para a Web, durante capacitação com duração de 20h, com as jornalistas Lenne Santos e Maria Lúcia Morais; e sobre as normas de redação para sites da Ufopa, com o revisor Júlio César Pedrosa. Durante a capacitação, os servidores também receberam esclarecimentos sobre os aspectos jurídicos que implicam a publicação de conteúdo na Internet, com a jornalista Albanira Coelho.

Inovações – “Trabalhamos pesadamente na acessibilidade. Procuramos fazer um site funcional, que atenda às necessidades institucionais, mas priorizando o acesso à informação, como estabelece o Governo Federal”, esclarece o diretor do CTIC, Valkir Santos da Silva. De acordo com Valkir Silva, o novo site foi pensado buscando se enquadrar na Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência (Lei nº 13.146, de 6 de julho de 2015), que torna obrigatória a acessibilidade nos sítios da internet mantidos por órgãos de governo, para uso da pessoa com deficiência, garantindo-lhe acesso às informações disponíveis.

Dentre as novidades, destacam-se o “Ver Libras”, que faz a tradução da tela para a língua brasileira de sinais; e as ferramentas de autocontraste e de aumento do tamanho de caracteres para pessoas com baixa visão. “Também estamos implantando um plugin de idiomas, já que a Universidade tem vários professores estrangeiros, além de projetos com instituições de outros países”. O sistema de busca e de resgate de conteúdos no site também foi melhorado. “Agora o usuário poderá pesquisar as informações por título e subtítulo”, explica Valkir Silva.

Utilizando os recursos de programação do Plone e do Phyton, os servidores do CTIC desenvolveram uma nova ferramenta de gerenciamento de conteúdo para a Web (CMS), tendo por base as demandas e necessidades da Universidade. "É um novo produto, que atende às nossas necessidades, no âmbito acadêmico, de uma maneira geral", explica Janer Bastos, que desenvolveu a arquitetura da nova ferramenta. Segundo Bastos, com a nova ferramenta haverá maior agilidade tanto na criação de novos sites quanto na publicação de conteúdos institucionais. “É através dessa ferramenta que vamos gerenciar os diversos sites da instituição. Ela já vem com uma interface padrão, o que facilita e agiliza a confecção de novos sites", afirma.

A implementação dos sites das pró-reitorias permitirá a descentralização no processo de publicação de conteúdos, atividade antes restrita à Coordenação de Comunicação, além de maior agilidade na postagem de documentos institucionais, como editais, comunicados e notas, que agora passarão a serem executadas pelos servidores detentores das informações primárias. “Terminando essa fase será a vez dos institutos”, explica Sérvio Santos, do CTIC. “Já estamos com os layouts totalmente definidos. O que está faltando é a capacitação dos servidores e a inserção dos conteúdos”.

Através do monitoramento do site anterior, a equipe do CTIC verificou que a maioria dos usuários, especialmente os discentes, acessa a página da Ufopa através de dispositivos móveis, como celulares e tablets. "Em cima dessas informações, trabalhamos para que o novo site fosse totalmente ‘responsivo’, ou seja, adaptado ao celular e ao tablet", explica Sérvio Santos, do CTIC. “A ferramenta foi construída também para atender a esse tipo de público”, afirma Janer Bastos. “Quando você carrega o site pelo celular, ele se ajusta à tela do aparelho”.

Comunicação/Ufopa

28/3/2018