Desculpe, o seu navegador não suporta JavaScript!
Buscar somente nesse site.

Universidade Federal do Oeste do Pará

Professora do Iced concorre a Prêmio Capes de Tese


26 de Maio de 2020 às 12:11

A tese de doutorado da professora Wania Alexandrino Viana, do curso de História do Instituto de Ciências da Educação (Iced) da Ufopa, foi escolhida para participar do Prêmio Capes de Tese/Edição 2020. O trabalho, com o título Gente de guerra, fronteira e sertão: índios e soldados na Capitania do Pará (primeira metade do século XVIII), foi defendido em 2019 no Programa de Pós-Graduação em História (PPHIST) da Universidade Federal do Pará (UFPA).

/media/file/site/ufopa/imagens/2020/8fbac911b043deecc0fe6e1ed0f72da0.jpeg

Entre 14 teses defendidas no PPHIST no ano passado, o trabalho da professora Wania Alexandrino foi o selecionado a partir de avaliação de uma comissão interna de professores do programa.

O Prêmio Capes de Tese – Edição 2020 será concedido às melhores teses de doutorado defendidas em 2019, selecionadas em cada uma das áreas de avaliação reconhecidas pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) nos Programas de Pós-Graduação do Sistema Nacional de Pós-Graduação. Serão concedidos prêmios especiais para áreas pré-determinadas em parceria com a Fundação Carlos Chagas, com a Comissão Fulbright e com o Instituto Serrapilheira.

O Grande Prêmio será outorgado para a melhor tese selecionada entre as vencedoras do Prêmio Capes de Tese, agrupadas em três grupos de grandes áreas: Ciências Biológicas, Ciências da Saúde, Ciências Agrárias; Engenharias, Ciências Exatas e da Terra e Multidisciplinar (Materiais e Biotecnologia); e Ciências Humanas, Linguística, Letras e Artes, Ciências Sociais Aplicadas e Multidisciplinar (Ensino).

Os critérios de premiação deverão considerar: originalidade do trabalho; relevância para o desenvolvimento científico, tecnológico, cultural e social; e caráter inovador.

Os programas de pós-graduação têm até a próxima sexta-feira, 29 de maio, para inscrever as teses escolhidas. Os resultados do prêmio serão divulgados em setembro.

Tese – A pesquisa da professora Wania A. Viana trata das medidas adotadas pela Coroa portuguesa para a defesa da capitania do Pará durante o reinado de D. João V (1707-1750). Insere-se, sobretudo, na análise da problemática em torno da manutenção e provimento de tropas necessárias para a efetiva defesa de território. De acordo com o estudo, “do ponto de vista das forças legais – companhias de ordenanças, regulares e auxiliares – o sistema defensivo da capitania foi frágil durante todo o período analisado”. Em decorrência disso, o principal argumento desta tese é que a atuação e a participação indígena nas atividades militares qualificaram a tropa lusa e garantiram a defesa e a expansão da fronteira colonial na capitania do Pará. Nesse processo, complexas redes de mobilização de gente para a defesa constituíram-se. Essa gente de guerra, na fronteira e no sertão, desenhou nesta parte da conquista um sistema defensivo particular, que só se explica pelas conexões e relações estabelecidas entre militares e índios, na experiência de defesa do Pará colonial.

O arquivo PDF (completo) da tese de Wania A. Viana está disponível AQUI.

Comunicação/Ufopa

26/5/2020

Registro da defesa da tese da professora Wania , em 2019

Notícia em destaque