Desculpe, o seu navegador não suporta JavaScript!
Buscar somente nesse site.

Universidade Federal do Oeste do Pará

Ultima atualização em 2 de Agosto de 2022 às 16:41

Pulitzer Center e universidades amazônicas promovem curso "Amazônia no Antropoceno"


O Pulitzer Center, em parceria com universidades da Amazônia (UFPA, Ufopa, UFAC e UFAM), promove o curso "Amazônia no Antropoceno: reportando o presente e discutindo o futuro da floresta", voltado para estudantes universitários de graduação e de pós-graduação. Os interessados em participar devem fazer inscrição até o dia 20 de agosto na página https://bit.ly/cursoamazonia.

Estruturado em mesas de debates e uma oficina de narrativa jornalística e criativa, o curso está dividido da seguinte forma:

  • Curso que discutirá, por meio de mesas de debate, tópicos fundamentais para entender a Amazônia hoje. Serão abordados, de forma interdisciplinar, temas que afetam e são afetados por fatores sociais, ecológicos, políticos, econômicos e culturais da floresta tropical amazônica e determinantes para compreender qual será o futuro da região. Para isso, se partirá de estudos de caso trazidos por reportagens realizadas na região. Serão 5 módulos, 1 presencial em Santarém (21 e 22 de setembro) e 4 on-line (30 e 31 de agosto, 17 e 18 de outubro, 7 e 8 de novembro, 20 e 30 de novembro), com o total de 100 vagas.

  • Oficina de narrativa jornalística e criativa para instrumentalizar o(a) aluno(a) e aumentar a capacidade de comunicação. Ocorrerá em Santarém nos dias 26 e 27 de setembro, com vagas limitadas (20 vagas).

Com essa formação, a organização pretende discutir as principais dinâmicas e sujeitos que habitam a região, de forma aplicada e conjuntural, além de trabalhar a formação dialogada com grupos de jovens, que serão os pesquisadores, professores, profissionais dos setores governamentais e não governamentais e tomadores de decisão na Amazônia. Da mesma maneira, espera ainda reunir – por meio desta iniciativa de educação em parceria com as universidades – jornalistas, pesquisadores e formadores de opinião que formem uma rede de conhecimento integrado sobre a região. Tal rede auxiliará na criação e na alimentação de informação de qualidade sobre a Amazônia, ao contribuir para a conservação da floresta e garantir dos direitos de seus povos a partir da identificação e reflexão sobre os principais desafios. Da mesma forma, a conformação de uma rede interativa de conhecimento que reúna pesquisadores, jornalistas e povos da região pode vir a destacar as potencialidades de conhecimento existentes na Amazônia.

Em caso de dúvidas, escrever para amazonianoatropoceno@gmail.com.

Em breve serão disponibilizadas mais informações sobre locais e horários.

Comunicação/Ufopa

02/08/2022

None

Notícia em destaque