Desculpe, o seu navegador não suporta JavaScript!
Buscar somente nesse site.

Universidade Federal do Oeste do Pará

Vice-reitora da Ufopa é homenageada pela Câmara Municipal de Santarém


12 de Março de 2020 às 12:02

Na tarde da última terça-feira, 10, a Câmara Municipal de Santarém realizou sessão especial em homenagem ao “Dia Internacional de Luta pelos Direitos das Mulheres”. Proposta pela vereadora Maria José Maia (DEM) e presidida pelo vereador Valdir Matias Jr. (PV), a sessão teve o objetivo de refletir sobre a luta das mulheres pela garantia de direitos, sendo marcada ainda pela entrega do certificado “Expressão Mulher Santarena” a mulheres que se destacam pelo trabalho que desenvolvem junto à sociedade santarena.

A Profa. Dra. Aldenize Ruela Xavier, vice-reitora e reitora em exercício da Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa), foi uma das homenageadas com o certificado, que lhe foi entregue pelo vereador Dayan Serique, representando o presidente da Câmara, vereador Emir Aguiar, que concedeu a honraria. A Profa. Aldenize foi também a oradora do dia, falando em nome das homenageadas naquela sessão solene.

A vice-reitora agradeceu a indicação para falar em nome de todas as mulheres homenageadas na sessão, além do reconhecimento de seu trabalho e do valor simbólico que a representatividade feminina possui ao ocupar espaços de destaque na sociedade.

Em seu discurso, a Profa. Aldenize Xavier criticou a visão do senso comum a respeito das mulheres, a qual destrói sua autoestima e as condena a lugares marginais na sociedade. Segundo ela, as mulheres querem “ter direito aos mesmos direitos. Simples assim. Queremos ter a liberdade de andar nas ruas a qualquer hora do dia sem medo da violência; queremos poder sair para trabalhar com a mesma leveza com que saem os nossos companheiros”.

Referiu-se ainda à busca pelas mesmas oportunidades nos espaços de trabalho, inclusive no ambiente acadêmico e universitário, onde a mulher é muitas vezes relegada ao papel passivo de mera ouvinte: “Das 67 instituições federais de educação superior vinculadas à Andifes (Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior), apenas 14 instituições possuem mulheres como reitoras. Nos espaços em que as demais homenageadas atuam, o quadro deve ser semelhante. Aqui nesta casa, a Casa do Povo, há apenas uma mulher eleita vereadora”.

Citando o filósofo francês Pierre Bourdieu, considerou que a visão inferior que se tem a respeito da mulher é aquilo que Bourdieu chama “violência simbólica, violência suave, insensível, invisível a suas próprias vítimas, que se exerce essencialmente pelas vias puramente simbólicas da comunicação e do conhecimento”.

Concluindo, disse ser necessário entender os mecanismos dos quais resulta a exclusão feminina, “muitos deles articulados pela família, pela igreja, pela escola e pelo Estado”.

Comunicação/Ufopa

11/3/2020

Vereador Dayan Serique e vice-reitora Aldenize Xavier, 10/3/2020. Foto: CM de Santarém.

Notícia em destaque