Desculpe, o seu navegador não suporta JavaScript!
Buscar somente nesse site.

Universidade Federal do Oeste do Pará

Isco

26 de Março de 2018 às 14:22

INSTITUTO DE SAÚDE COLETIVA (ISCO)

O Instituto de Saúde Coletiva (Isco) foi criado pela Resolução nº 46, de 20 de novembro de 2013. Concomitantemente à criação Isco, foi criado o Curso de Bacharelado Interdisciplinar em Saúde (BIS) e ocorreu a migração do Curso de Farmácia, já ofertado pela Ufopa no âmbito do Instituto de Biodiversidade e Florestas (Ibef), acompanhado do respectivo quadro de servidores, além da incorporação dos Laboratórios de Fitoquímica, Farmacologia e Farmacotécnica.

É missão do Isco formar profissionais capacitados para promover, proteger e recuperar a saúde da população na região amazônica.

Conselho do Isco: O Conselho do Isco é de natureza colegiada, com representação das diferentes categorias, tendo, entre suas funções, dar respaldo às diferentes decisões do Instituto. São membros do Conselho do Isco:

Direção: a Direção pro tempore do Instituto foi exercida até o dia 16 de dezembro pelo Prof. Dr. Waldiney Pires Moraes, nomeado pela Portaria nº 1.933, de 20/10/2014. A partir de então, o Isco passou a ter como diretor e vice-diretor o Prof. Dr. Waldiney Pires Moraes e Prof. Dr. Wilson Sabino, respectivamente, eleitos no dia 28/10/2014 e designados formalmente no dia 16/12/2014 pela portaria nº 3.117. A Direção é assessorada pelas coordenações Administrativa, Técnica, Acadêmica e pelas coordenações dos cursos vinculados ao Isco.

secexec.isco@gmail.com

Coordenação Administrativa: À coordenação administrativa compete prestar ao Instituto o apoio administrativo necessário ao desempenho das atividades de ensino, pesquisa, extensão. A função do setor é dar apoio administrativo ao Instituto, desenvolvendo atividades como: gestão de recursos humanos; gestão de laboratórios; solicitações de transporte, diárias, passagens e auxílio financeiro.

Ramal: 2101-6543

Coordenação Técnica: À coordenação técnica compete prestar à Direção do Instituto o apoio técnico necessário ao desempenho das atividades de ensino, pesquisa, extensão, planejamento e gestão.

·         Farmacêutico Bioquímico/Preceptor
Andresson Fernandes Pontes

             sectec.isco@gmail.com

·         Farmacêutico Bioquímico/Preceptor

            Israel Beser Diniz da Silva
            sectec.isco@gmail.com

·         Farmacêutica

Daniele Ferreira da Silva

Ramal: 2101-6543

 

Coordenação Acadêmica: À coordenação acadêmica compete prestar ao Instituto e a comunidade acadêmica o apoio necessário ao desempenho das atividades de ensino, pesquisa e extensão.

·         Assistente em Administração

Elizane Vasconcelos Pinto
secacad.isco@gmail.com

A sede do Instituto de Saúde Coletiva está localizada na Unidade Amazônia da Universidade Federal do Oeste do Pará, Bairro de Fátima, sala 204/206 – 2° piso A
Fone: (93) 2101-6766.

 

UFOPA - Unidade Amazônia

Avenida Mendonça Furtado, 2.946 - Fátima 
CEP 68040-470, Santarém, Pará, Brasil

 

##################################

Graduação

·         FARMÁCIA

Informações Gerais do Curso

Denominação do curso: Bacharelado em Farmácia

Título conferido: Bacharel em Farmácia

Coordenador do curso: Profª Drª Flávia Garcez da Silva

Carga horária do curso: 4.600 horas

Número de vagas anuais: 40 vagas

Modalidade: Presencial

Duração do curso: Mínimo de 10 semestres e máximo de 15 semestres

Portaria de criação: Portaria 028/2013 - PROEN (02 de agosto de 2013)

 

O curso de Farmácia tem como objetivo geral formar profissionais Farmacêuticos, com formação generalista, humanista, crítica e reflexiva, para atuar em todos os níveis de atenção à saúde, com base no rigor científico. Profissionais capacitados ao exercício de atividades referentes aos fármacos e medicamentos, às análises clínicas e toxicológicas e ao controle, produção e análise de alimentos. O futuro profissional deve pautar suas ações em princípios éticos e na compreensão da realidade social, cultural e econômica de nossa região, direcionando sua atuação para a transformação da realidade em benefício da sociedade, integrando as ciências exatas, biológicas, biotecnológicas, da saúde, humanas e sociais.

Colegiado de Farmácia (Port. nº 005/2017 – Isco)

O Colegiado de Farmácia tem caráter representativo (coordenação do curso, docentes, técnicos e discentes) e é o responsável por planejar, aprovar e supervisionar todas as atividades que envolvem o Curso de Bacharelado em Farmácia. São membros do Colegiado:

I – Coordenador(a) do Curso de Farmácia – Membro permanente

·         Profª. Drª. Flavia Garcez da Silva – Presidente

II – Representantes Docentes

·         Profª. Drª Sílvia Katrine Silva Escher – (Titular / 02 anos)

·         Profª Drª Kariane Mendes Nunes – (Titular / 02 anos)

·         Profª Drª Tânia Mara Pires Moraes – (Titular / 02 anos)

·         Profª Msc. Luciana Fernandes Pastana Ramos – (Suplente / 02 anos)

III – Representantes Técnicos-Administrativos

·         Taciane Sousa de Jesus – (Titular / 02 anos)

·         Adenilson de Sousa Barroso (Suplente / 02 anos)

III – Representantes Discentes

·         Victor Cássio Simões Ribeiro – (Titular / 01 ano)

·         Maria do Rosário de Alcântara Guimarães (Suplente / 01 ano)

Núcleo Docente Estruturante do Curso de Farmácia (Port. nº 026/2016 – Isco)

O Núcleo Docente Estruturante do Curso de Bacharelado em Farmácia, tem em sua composição, docentes definidos pela direção do Instituto em consonância com a Coordenação do Curso. Cabe ao NDE, elaborar, propor mudanças e adequações nos projetos pedagógicos do curso e sua implementação prática, bem como realizar reuniões regularmente para discutir, debater, construir e reconstruir as diferentes ações previstas no PPC do Curso. São Membros do NDE de Farmácia:

·         Profª Drª Flávia Garcez da Silva – Presidente

·         Prof. Dr. Waldiney Pires Moraes

·         Prof. Msc. Alexandre Escher Boger

·         Prof. Dr. Wilson Sabino

·         Prof. Msc. Fagner Sousa de Aguiar

Documentos:

 

·         BACHARELADO INTERDISCIPLINAR EM SAÚDE

Informações Gerais do Curso

Denominação do curso: Bacharelado Interdisciplinar em Saúde

Título conferido: Bacharel em Saúde

Coordenador do curso: Prof. Msc. Rui Massato Harayama

Carga horária do curso: 2.620 horas

Número de vagas anuais: 60 vagas

Modalidade: Presencial

Duração do curso: Mínimo de 06 semestres e máximo de 09 semestres

Portaria de criação: Portaria 046/2013-PROEN (20 de novembro de 2013)

O Bacharelado Interdisciplinar em Saúde tem ênfase em um perfil de egresso: profissional generalista, critico, que, a partir da compreensão do processo saúde-doença e do cuidado como resultante da conjugação de fatores biológicos, ambientais, psicológicos, éticos, sociais, econômicos, políticos e culturais, desenvolve atividades sanitárias de prevenção e promoção da saúde, além de atividades especificas de epidemiologia, e no desenvolvimento cientifico e tecnológico em saúde.

Colegiado do BIS (Port. nº 046/2017 – Isco)

O Colegiado do BIS tem caráter representativo (coordenação do curso, docentes, técnicos e discentes) e é o responsável por planejar, aprovar e supervisionar todas as atividades que envolvem o Curso do Bacharelado Interdisciplinar em Saúde. São membros do Colegiado do BIS:

I – Coordenador(a) do Curso de BIS – Membro permanente

·         Prof. MSc. Rui Massato Harayama – Presidente

II – Representantes Docentes

·         Profª. Msc. Juliana Gagno Lima – (Titular / 02 anos)

·         Profª Drª Heloísa do Nascimento de Moura Meneses – (Titular / 02 anos)

·         Prof. Msc. Hernane Guimarães dos Santos Júnior – (Titular / 02 anos)

·         Prof Dr. Teógenes Luiz Silva da Costa – (Titular / 02 anos)

III – Representantes Técnicos-Administrativos

·         Cássia Valéria Pinheiro Correa (Titular / 02 anos)

·         Taciane Sousa de Jesus – (Suplente / 02 anos)

III – Representante Discente

·         Rodrigo de Souza Castro – (Titular / 01 ano)

Núcleo Docente Estruturante do BIS (Port. nº 013/2018 – Isco)

O Núcleo Docente Estruturante do Bacharelado Interdisciplinar em Saúde, tem em sua composição, docentes definidos pela direção do Instituto em consonância com a coordenação do Curso. Cabe ao NDE, elaborar, propor mudanças e adequações nos projetos pedagógicos do curso e sua implementação prática, bem como realizar reuniões regularmente para discutir, debater, construir e reconstruir as diferentes ações previstas no PPC do Curso. São membros do NDE do BIS:

·         Prof. Msc. Rui Massato Harayama – Presidente

·         Prof. Dr. Wilson Sabino

·         Heloisa do Nascimento de Moura Meneses

·         Prof. Msc. Hernane Guimarães dos Santos Júnior

·         Prof. Dr. Teógenes Luiz Silva da Costa

Documentos:

 

·         BACHARELADO EM SAÚDE COLETIVA

Informações Gerais do Curso

Denominação do curso: Bacharelado em Saúde Coletiva

Título conferido: Bacharel em Saúde Coletiva

Coordenador do curso: Prof. Msc. Hernane Guimarães dos Santos Junior

Carga horária do curso: 3.215 horas

Número de vagas anuais: 40 vagas

Modalidade: Presencial

Duração do curso: Mínimo de 09 semestres e máximo de 13 semestres

Resolução nº 233/2018 - Consepe (23 de Janeiro de 2018)

O Bacharelado em Saúde Coletiva tem ênfase em um perfil de egresso onde o indivíduo deverá ser dotado de uma compreensão holística da problemática de saúde nas sociedades contemporâneas, com capacidade de compreender e contribuir no campo científico, das humanidades e das Ciências Sociais na análise das múltiplas dimensões dos determinantes sociais do processo saúde e adoecimento. O Bacharel em Saúde Coletiva terá formação generalista, humanista, crítica, reflexiva, ética e transformadora, comprometida com a melhoria da qualidade de vida e saúde da população, capaz de atuar na análise, monitoramento e avaliação de situações de saúde, formulação de políticas, planejamento, programação e avaliação de sistemas e serviços de saúde, no desenvolvimento de ações intersetoriais de promoção de saúde, educação e desenvolvimento comunitário na área de saúde, bem como na execução de ações de vigilância e controle de riscos e agravos à saúde e no desenvolvimento científico e tecnológico da área de Saúde Coletiva com responsabilidade social e compromisso com a dignidade humana, cidadania e defesa da democracia, do direito universal a saúde e do Sistema Único de Saúde, tendo como orientadora a determinação social do processo saúde-doença.

Colegiado do BSC

O Colegiado do BSC tem caráter representativo (coordenação do curso, docentes, técnicos e discentes) e é o responsável por planejar, aprovar e supervisionar todas as atividades que envolvem o Curso do Bacharelado em Saúde Coletiva. São membros do Colegiado do BSC:

Em processo de composição

Núcleo Docente Estruturante do BSC (Portaria nº 015/2017- Isco)

O Núcleo Docente Estruturante do Bacharelado em Saúde Coletiva, tem em sua composição, docentes definidos pela direção do Instituto em consonância com a coordenação do Curso. Cabe ao NDE, elaborar, propor mudanças e adequações nos projetos pedagógicos do curso e sua implementação prática, bem como realizar reuniões regularmente para discutir, debater, construir e reconstruir as diferentes ações previstas no PPC do Curso. São membros do NDE do BSC:

·         Prof. Msc. Hernane Guimarães dos Santos Júnior – Presidente

·         Profa. Msc. Annelyse Rosenthal Figueiredo

·         Profa. MSc. Juliana Gagno Lima

·         Prof. Msc. Rui Massato Harayama

·         Profª Drª Heloisa do Nascimento de Moura Meneses

·         Profª Drª Maria Giovana Machado Xavier

Documentos:

 

###################################

 

Monitoria

PROGRAMA DE MONITORIA ACADÊMICA

O Programa de Monitoria Acadêmica (PMA) é gerenciado pela Coordenação de Projetos Educacionais da Pró-Reitoria de Ensino de Graduação da Ufopa e seleciona bolsistas com o objetivo de contribuir para o processo de formação graduada. O programa de monitoria pretende despertar no estudante de graduação a docência, a pesquisa e a extensão, sempre contando com a orientação de um docente. Além disso, estimula o senso de responsabilidade, autonomia, cooperação, satisfação em ampliar conhecimentos e empenho nas atividades acadêmicas. As comissões de Monitoria do Isco são definidas anualmente pela Direção do Isco, conforme edital Proen e com vagas distribuídas para Monitores Bolsistas de Disciplina e Monitores Bolsistas de Laboratório.

O PMA foi criado com o objetivo de possibilitar uma maior participação do aluno na realização de trabalhos práticos e experimentais, a partir de experiências auxiliando o professor na preparação de material didático e em participações de atividades de classe, colaborando ainda, na orientação de alunos, esclarecendo, tirando dúvidas em atividades de classe e participando de atividades que propiciem o seu aprofundamento na disciplina e formação acadêmica.

 São objetivos do PMA:

a) Contribuir para a melhoria do ensino de graduação, através das práticas existentes e da implementação de novos instrumentos, novas práticas e experiências pedagógicas;

b) Criar condições de aprofundamento de conteúdos teóricos e práticos para o desenvolvimento de habilidades e competências relacionadas à atividade docente;

c) Contribuir para o processo de formação graduada, no despertar à docência, à pesquisa e/ou extensão do discente monitor com orientação docente, bem como estimular o senso de responsabilidade, autonomia, cooperação, satisfação em ampliar conhecimentos e empenho nas atividades acadêmicas;

d) Promover maior interação entre os discentes e os docentes;

e) Contribuir para a melhoria do índice de sucesso acadêmico dos componentes curriculares.

 

############################

Pesquisa

A pesquisa na Ufopa objetiva a produção e a difusão de conhecimentos científicos, que contribuam para a melhoria das condições de vida da sociedade, principalmente na região amazônica.

Durante a Formação Graduada em Farmácia, oferta-se aos alunos a possibilidade de integração e participação continuada em projetos de pesquisa sob orientação de seus professores, bem como oportunidades de experimentação de diferentes linhas de investigação científica no âmbito de disciplinas práticas e atividades em laboratórios.

Além daquelas decorrentes dos projetos individuais de pesquisadores, outras bolsas de Iniciação Científica podem ser concedidas aos alunos envolvidos com recursos próprios da Ufopa e externos. Entre elas, CNPq e Fapespa, entre outras fontes de financiamento contínuo ou eventual. Bolsas de Monitoria ofertadas pela Pró-Reitoria de Ensino e Graduação da Ufopa também oferecem aos alunos o contato com atividades de Ensino e Pesquisa.

Projetos de Pesquisa Cadastrados Pelo Isco

1. “Farmacologia de Produtos Naturais Amazônia”.

Coordenadora: Profa. Drª Tânia Mara Pires Moraes

 

2. “Avaliação da Atividade Hipoglicemiante de Plantas Medicinais”.

Coordenadora: Profª Drª Tânia Mara Pires Moraes

 

3. “Base de Dados de Plantas Aromáticas e Frutos da Amazônia Oriental”.

Coordenadora: Profª. Drª Rosa Helena Veras Mourão

 

4. “Bothrops Atrox no Oeste do Pará: Hábitos Alimentares, Composição do Veneno e Envenenamento Experimental de Espécimes Coletados em Áreas de Floresta Savana e Cultivo de Soja”.

Coordenadora: Profª Drª Rosa Helena Veras Mourão

 

5. “Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia: Rede Norte e Nordeste de Fitoterápicos”.

Colaboradora: Profª Drª Rosa Helena Veras Mourão

 

6. “Qualidade de Vida do Graduando do Instituto de Saúde Coletiva da Universidade Federal do Oeste do Pará – Farmácia”.

Coordenadora: Profª MSc. Luciana Fernandes Pastana Ramos

 

7. “Qualidade de Vida do Graduando na Área de Ciências Agrárias”.

Coordenadora: Profª MSc. Luciana Fernandes Pastana Ramos

 

8. “Qualidade da Água e do Ar em Escolas de Ensino Fundamental da Região de Santarém e Efeitos em Saúde em Crianças”.

Coordenador: Prof. MSc. Marina Smidt Celere Maschede

 

9. “Desenvolvimento de Sistemas Mucoadesivos Baseados em Manteigas Amazônicas com Gelificação In Situ para Liberação Sustentada de Fármacos Intravaginal”.

Coordenadora: Profª Drª Kariane Mendes Nunes

 

10. “Obtenção e Caracterização de Produtos Cosméticos Contendo Gorduras Vegetais da Amazônia e Pigmentos Naturais”.

Coordenadora: Profª Drª Kariane Mendes Nunes

 

11. “Avaliação da Atividade Antimalárica de Produtos Naturais”.

Coordenador: Prof. Dr. Waldiney Pires Moraes

 

12. “Avaliação de Qualidade Nutricional e Fenólica da Bebida Açaí Comercializada nos Municípios da Região Oeste do Pará”.

Coordenador: Prof. MSc. Fagner Sousa Aguiar

 

13. “Isolamento, Identificação e Avaliação de Potencial Antimicrobiano de Actinobactérias Provenientes da Rizosfera da Aniba Parviflora (Macacaporanga)”.

Coordenadora: Profª Drª Sílvia Katrine Silva Escher

 

14. “Avaliação de Metabólicos Secundários de Actinobactérias Obtidos em Rizosferas de Macacaporanga (Aniba Parviflora Syn Fragans) Sobre Leshimania (L.) Amazonensis e a Célula Hospedeira”.

Coordenador: Prof. Msc. Alexandre Escher Boger

 

15. “Perfil das Usuárias de Contraceptivos de Emergência Dispensados em Postos de Saúde na Cidade de Santarém-Pa”.

Coordenadora: Profª Drª Flávia Garcez da Silva

 

16. “Atividade de Colinesterase Plasmática como Biomarcador de Exposição a Agrotóxicos em Trabalhadores Rurais da Região da Curuá-Una, Santarém-Pa”.

Coordenadora: Profª Drª Flávia Garcez da Silva

 

17. “Estudo do Perfil da Assistência Farmacêutica no Oeste do Pará”.

Coordenador: Prof. Dr. Wilson sabino

 

18. “Avaliação da Atenção Básica em Saúde em Municípios de Nove Estados Brasileiros: Alagoas, Amapá, Amazonas, Espírito Santo, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Roraima e Tocantins”.

Cordenadora: Profª Msc. Juliana Gagno Lima

 

19. “Estudo Químico e Farmacológico de Plantas da Amazônia”.

Coordenador: Prof. Dr. Alcicley da Silva Abreu

 

20. “Conhecimentos, Itinerários Terapêuticos, Medicalização e Institucionalização da Saúde Indígena no Oeste do Pará”.

Coordenador: Prof. Msc. Rui Massato Harayama

 

21. “Efeito de Poliformismo em Genes Relacionados ao Estresse Oxidativosobre Níveis de Hg em uma População Ambientalmente exposta ao Mercúrio”.

Coordenadora: Profª Drª Heloisa do Nascimento de Moura Meneses

 

22. “Tecendo Relações Entre a Sociedade e Academia: Estudo Sobre as Práticas não Acadêmicas na Promoção à Saúde e no Combate às Doenças Infecciosas e Parasitárias no Município de Santarém-Pa”.

Coordenador: Prof. Dr. Teógenes Luiz da Costa

 

23. “Caracterização Fitoquímica, Farmacognóstica e da Atividade Biológica dos Produtos Naturais de Uso Medicinal Provenientes de Ecossistemas da Mesorregião do Baixo Amazonas”.

Coordenador: Prof. Dr. Bruno Alexandre da Silva

 

24. “Saberes Tradicionais Kumaruara: As Práticas Cotidianas nas Aldeias do Baixo Amazonas”.

Coordenador: Prof. Msc. Hernane Guimarães dos Santos Júnior

 

25. “Vigilância em Saúde, um Caminho Para o Autocuidado nas Unidades da Atenção Primária à Saúde na Região Oeste do Pará”.

Coordenador: Prof. Msc. Hernane Guimarães dos Santos Júnior

 

26. “Avaliação do Impacto do Programa Criança Feliz”.

Coordenador: Prof. Msc. Hernane Guimarães dos Santos Júnior

 

27. “Estudos da Obtenção e Caracterização de Matérias Primas Naturais Para Aplicação em Biocosméticos e Formulações Farmacêuticas”.

Coordenadora: Profª Drª Gabriela Bianchi dos Santos

 

 

#################################

Extensão

Tendo em vista a multiplicidade de aspectos e saberes envolvidos, os programas e projetos de extensão realizados pelo Bacharelado em Farmácia, em parceria ou não com outros cursos da Ufopa, devem estimular e buscar propiciar aos alunos a participação em ações conjuntas com instituições públicas, entidades não governamentais, empresas e movimentos sociais.

A extensão envolve principalmente, ações de articulação com a sociedade com forte concentração nas áreas de arte e cultura, processos de organização social, oferta de cursos de pequena duração e ações empreendedoras na sociedade.

Projetos de Extensão Cadastrados pelo Isco

1. “Avaliação de Qualidade Nutricional e Fenólica da Bebida Açaí Comercializada nos Municípios da Região Oeste do Pará”.

Coordenador: Prof. MSc. Fagner Sousa Aguiar

 

2. “Programa Equidade em Saúde”.

Coordenador: Prof. Dr. Wilson Sabino

 

3. “Hábitos Culturais e Saúde Coletiva”.

Coordenadora: Profª MSc. Annelyse Rosenthal Figueiredo

 

 4. “Ética em Pesquisa em Seres Humanos: O Sistema CEP_CONEP e o Debate Atual no Brasil”.

Coordenador: Prof. Msc. Rui Massato Harayama

 

5. “Direito das Mulheres e Violência Obstétrica”.

Coordenador: Prof. Msc. Rui Massato Harayama

 

6. “Vigilância em Saúde, um Caminho Para o Autocuidado nas Unidades da Atenção Primária à Saúde na Região Oeste do Pará”.

Coordenador: Prof. Msc. Hernane Guimarães dos Santos Júnior

 

7. “Aprimoramento do Ensino de Ciências nas Escolas da Rede Pública de Santarém”.

Coordenadora: Profª Drª Gabriela Bianchi dos Santos

 

8. “Perfil Sócio-Econômico, Epidemiológico e Nutricional de Indivíduos Ambientalmente Expostos ao Mercúrio na Região do Baixo amazonas”.

Coordenadora: Profª Drª Heloisa do Nascimento de Moura Meneses

 

9. “Comunidade Ensina: Saberes e Práticas Tradicionais em Saúde”

Coordenador: Prof. Dr. Teógenes Luiz da Costa

 

 

#################################

Docentes

Docentes Vinculados ao Isco

 

 

 

Nome

Graduação

Titulação

Currículo

01

Alcicley da Silva Abreu

Química (Lic.)

Doutor

Lattes

02

Alexandre Escher Boger

Farmácia

Mestre*

Lattes

03

Annelyse Rosenthal Figueiredo

Biologia (Lic.)

Mestre*

Lattes

04

Bruno Alexandre da Silva

Farmácia

Doutor

Lattes

05

Débora Kono Taketa Moreira

Tecnologia Agroindustrial

Doutora

Lattes

06

Elaine Cristiny Evangelista dos Reis

Enfermagem e Obstetrícia

Doutora

Lattes

07

Fagner Sousa de Aguiar

Engenharia de Alimentos

Mestre*

Lattes

08

Flavia Garcez da Silva

Farmácia

Doutora

Lattes

09

Gabriela Bianchi dos Santos

Farmácia

Doutora

Lattes

10

Heloisa do Nascimento de M. Meneses

Biologia (Bac.)

Doutora

Lattes

11

Hernane Guimarães dos Santos Júnior

Enfermagem

Mestre

Lattes

12

Juliana Gagno Lima

Nutrição

Mestre*

Lattes

13

Kariane Mendes Nunes

Farmácia

Doutora

Lattes

14

Luana Lorena Silva Rodrigues

Farmácia

Mestre*

Lattes

15

Luciana Fernandes Pastana Ramos

Fisioterapia

Mestre

Lattes

16

Marina Smidt Celere Meschede

Enfermagem

Mestre*

Lattes

17

Romualdo Xavier de Oliveira Lima

Medicina

Doutor

Lattes

18

Rosa Helena Veras Mourão

Biologia (Lic.)

Doutora

Lattes

19

Rui Massato Harayama

Antropologia

Mestre

Lattes

20

Silvia Katrine Silva Escher

Biologia (Lic.)

Doutora

Lattes

21

Suelen Maria Santos de Souza

Pedagogia / Farmácia

Especialista**

Lattes

22

Tânia Mara Pires Moraes

Farmácia

Doutora

Lattes

23

Teogenes Luiz Silva da Costa

Ciências Sociais

Doutor

Lattes

24

Waldiney Pires Moraes

Farmácia

Doutor

Lattes

25

Wilson Sabino

Química (Bac.) / Farmácia

Doutor

Lattes

 

 *Cursando Doutorado

**Cursando Mestrado

 

###############################

Laboratórios

 

Os laboratórios destinados ao Isco encontram-se vinculados ao curso de Farmácia, porém, são de uso compartilhado com os demais cursos. Encontram-se localizados no Complexo de Laboratórios situados na Unidade Tapajós, Bairro Salé, sendo: Laboratório de Farmacologia, Laboratório de Farmacognosia e Fitoquímica, Laboratório de Farmacotécnica, Laboratório de Microbiologia, Laboratório de Bioprospecção e Biologia Experimental. O Isco não dispõe de Laboratórios de Informática, porém, quando necessário, utiliza os laboratórios vinculados aos outros Institutos, através de agendamento prévio.

·         LABORATÓRIO DE FARMACOLOGIA

Coordenadora:

Tânia Mara Pires Moraes

 

Técnico de Laboratório (Área – Biodiagnóstico)

Jander Marcos Cirino Lopes

O Laboratório de Farmacologia (LabFar) está localizado nas dependências do campus Tapajós, em uma das salas do novo prédio da antiga garagem com uma área total de 47,67m2. Este laboratório atende ao ensino, pesquisa e extensão e está vinculado ao curso de Farmácia. Possui uma capacidade de até 20 alunos por turma. O LabFar possui os equipamentos básicos de segurança, como extintor, chuveiro lava-olhos e outros. Dentre os equipamentos possui 1 Incubadora de CO2, Câmara de Fluxo Laminar Vertical, Refrigerador, Balança analítica, Phmetro, viscosímetro, estufas, banho maria, placa aquecedora, destilador de água, deionizador e vidrarias diversas.

O LabFar possui ainda um Biotério de criação e de alojamento de ratos wistar e camundongos Balb/C e Swiss, fornecendo esses animais de experimentação para aulas práticas e/ou pesquisas aos professores/pesquisadores que necessitam do uso desses animais. Está localizado no Campus Tapajós, em um espaço adaptado e possui uma área total de 24,79m2 sendo uma sala reservada para o abrigo dos ratos, uma sala para o abrigo dos camundongos e uma sala de experimentação animal. O biotério possui 1 (uma) estante ventilada para camundongos e 02 cabines de raspagem para limpeza das gaiolas dos animais.

Área/Linha de Pesquisa: Ciências Biológicas/Farmacologia/Etnofarmacologia.

 

·         LABORATÓRIO DE FARMACOGNOSIA E FITOQUÍMICA

Coordenador
Prof. Dr. Bruno Alexandre da Silva

Técnica de Laboratório (área - Análises Clínicas):
Alciene Ferreira da Silva Viana

O laboratório de Farmacognosia e Fitoquímica está localizado nas dependências da Unidade Tapajós, no complexo de laboratórios. O seu uso é de uso exclusivo do curso de Farmácia. O laboratório de Farmacognosia e Fitoquímica realiza pesquisa na área de produtos naturais, atendendo alunos da graduação através de aulas práticas, iniciação científica e monitoria para TCC.

O laboratório de Farmacognosia e Fitoquímica está localizado nas dependências da Unidade Tapajós, no complexo de laboratórios. Vinculado ao Curso de Farmácia, seu uso é compartilhado com os demais cursos do Isco. O laboratório de Farmacognosia e Fitoquímica realiza pesquisa na área de produtos naturais, atendendo alunos da graduação através de aulas práticas, iniciação científica e monitoria para TCC, comportando até 20 alunos por turma.

 

·         LABORATÓRIO DE FARMACOTÉCNICA E COSMETOLOGIA

Coordenadora
Profª Drª Kariane Mendes Nunes

Técnica de Laboratório: (Área – Análises Clínicas)

Cássia Valéria Pinheiro Corrêa

O Laboratório de Farmacotécnica e Cosmetologia desenvolve atividades relacionadas ao ensino e pesquisa nas seguintes áreas: Delineamento de Formas Farmacêuticas; Desenvolvimento e Inovação de Produtos Farmacêuticos de Origem Vegetal e Sintética; Desenvolvimento de Sistemas de Liberação Sustentada de Fármacos Mucoadesivos. O laboratório atende a todos os alunos do Isco e está localizado nas dependências da Unidade Tapajós, no complexo de laboratórios.

·         LABORATÓRIO DE MICROBIOLOGIA

Coordenadora

Profª Drª Silvia Katrine Silva Escher

O laboratório de Microbiologia está localizado nas dependências da Unidade Tapajós, em uma das salas do novo prédio da antiga garagem. O seu uso é compartilhado entre os cursos vinculados ao Isco e Biotecnologia (Ibef). Este local destina-se à pesquisa e ao ensino e pode atender toda a demanda anual das vagas ofertadas aos Cursos do Isco, comportando até 15 alunos por turma. Está equipado com materiais de segurança. Os equipamentos são todos novos, modernos e ainda passam por frequentes avaliações dos usuários do local.

 

·         LABORATÓRIO DE BIOPROSPECÇÃO E BIOLOGIA EXPERIMENTAL (LabBBEx)

Coordenadora:

Profª Drª Rosa Helena Veras Mourão

Técnico de Laboratório (área – Química)
Adenilson de Sousa Barroso

O LabBBEx é de uso compartilhado entre o Instituto de Saúde Coletiva (Isco) e Instituto de Ciências da Educação (Iced). Está localizado nas Unidades Rondon e Tapajós, sendo: Unidade Tapajós - uma sala de aproximadamente 28 m2 e um mini-corredor de aproximadamente 2m2. Estas duas áreas servem para diversos experimentos entre eles: extração de óleos, preparo de extratos, padronização e controle de qualidade, experimentos de microbiologia, enzimático e etc. Unidade Rondon - uma estrutura dividida em dois módulos de aproximadamente 30 m2 cada que funciona a parte de experimentação com animais e experimentos com metais pesados.

O LabBBEx Dá suporte às ações de pesquisa voltadas ao desenvolvimento de novas moléculas, extração de óleos (fixo e essencial), preparo e padronização de extratos, produção de tecnologia de novos materiais, serviços de controle de qualidade de produtos naturais para apoio no desenvolvimento de uma cadeia produtiva.

 

###############################

Pós-Graduação Lato Sensu

 

PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MULTIPROFISSIONAL EM SAÚDE DA FAMÍLIA

Informações Gerais do Programa

Denominação do Programa: Residência Multiprofissional em Estratégia Saúde da Família Para as Populações do Baixo Amazonas

Coordenador do Programa: Profª Drª Heloisa do Nascimento de M. Meneses

Carga horária do Programa: 5.760 Horas

Número de Vagas Anuais: 03 Vagas, sendo: 01 Farmacêutico(a), 01 Enfermeiro(a) e 01 Odontólogo(a)

Modalidade: Presencial -Treinamento em Serviço

Duração do Programa: 02 Anos

Aguardando Resolução

 

A formação lato sensu na modalidade Residência Multiprofissional em Saúde segue as políticas do Ministério da Saúde e caracteriza-se pelo ensino e trabalho mediante participação em diferentes cenários de aprendizagem, em regime de dedicação exclusiva. O objetivo do Programa é aproximar o recém-graduado ao ambiente de trabalho para que vivencie a dinâmica da instituição.

Ao final de dois anos, o egresso do curso de Residência deverá estar apto para atuar na Estratégia em Saúde da Família, fundamentado na perspectiva da interdisciplinaridade, reconhecendo a importância de ações na atenção básica para o reconhecimento de determinantes sociais que afetam o processo de saúde-adoecimento das populações do Baixo Amazonas.

Núcleo Docente Assistencial Estruturante do Programa de Residência (Port. nº 017/2017 – Isco)

O Núcleo Docente Assistencial Estruturante do Programa de Residência Multiprofissional, tem em sua composição, servidores definidos pela direção do Instituto, em consonância com a Coordenação do Programa. Cabe ao NDAE, elaborar, propor mudanças e adequações no projeto pedagógico do curso e sua implementação prática, bem como realizar reuniões regularmente para discutir, debater, construir e reconstruir as diferentes ações previstas no Projeto do Curso. São Membros do NDAE da Residência:

·         Juliana Gagno Lima – Presidente

·         Wilson Sabino

·         Andresson Fernandes Pontes

·         Heloisa do Nascimento de Moura Meneses

·         Luciana Fernandes Pastana Ramos

·         Rui Masato Harayama

·         Hernane Guimarães dos Santos Junior

·         Verena Pereira Maia Miranda

Documentos:

 

ESPECIALIZAÇÃO EM SAÚDE DA FAMÍLIA E COMUNIDADE

Informações Gerais do Curso

            Denominação do Curso: Especialização em Saúde da Família e Comunidade

Coordenador do Curso: Profª Dr. Wilson Sabino

Vice-Coordenador do Curso: Prof. Msc. Hernane Guimarães dos S. Junior

Coordenadora Pedagógica: Profª Drª Maria Giovanna Machado Xavier

Professor Orientador: Prof. Dr. Douglas Mota Xavier de Lima

Carga horária do Curso: 570 Horas

Número de Vagas: 40 Vagas.

Modalidade: Presencial – (Tempo Escola/Tempo Comunidade)

Duração do Curso: 18 meses.

Resolução nº 232/2018 - Consepe (23 de Janeiro de 2018)

 

 O curso de Pós Graduação Lato Sensu em Saúde da Família e Comunidade com ênfase as Populações do Campo da Floresta e das Águas, construído a partir da proposta da pedagogia da alternância, busca entender o campo como território, e não como setor da economia, permitindo que se leve em consideração os processos sociais que formam e dão sustentabilidade ao campo. Isto significa o entendimento de que o campo é formado por um conjunto de lógicas de utilização do espaço e é apropriado de maneira diferente pelos diversos grupos de sujeitos. Esta apropriação guarda relação direta com a maneira como o sujeito está inserido no processo de construção do território.

O curso tem como finalidade oferecer Especialização em Saúde da Família e Comunidade, preferencialmente para os profissionais de nível superior, integrantes das equipes de saúde da Família e dos núcleos de apoio a essa estratégia, e em um segundo momento, a todos os profissionais relacionados ao campo da saúde.

Importante salientar que a proposta de um profissional qualificado para atender as demandas e especificidades da PCFA vem de certa maneira sendo edificada desde a criação do Isco com alguns eventos em que o mesmo coordenou ou foi parceiro como: Fórum de Determinantes Sociais em Saúde; Seminário em defesa do saneamento como política pública; Conferências de Saúde no município de Santarém, e por fim, a participação do Isco como representante da UFOPA (2015-2017) no Conselho Municipal de Saúde de Santarém.

Entidades participantes:

a)      Universidade Federal do Oeste do Pará – Instituto de Saúde Coletiva (Isco).

b)      Superintendência Regional do INCRA (SR - 030).

      c) Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Santarém (STTR/Stm).

Documentos:

 

Contatos

E-mail: secadm.isco@gmail.com
Telefone: (93) 2101-6766


Campus de Santarém 
Unidade Amazônia - 2º piso - Salas: 204 e 224