JUSTIÇA RESTAURATIVA: UM CAMINHO PARA O ENFRENTAMENTO E A PREVENÇÃO DA VIOLÊNCIA DOMÉSTICA/FAMILIAR CONTRA A MULHER NO ESTADO DO PARÁ

Autores

  • Josineide Gadelha Pamplona Medeiros UFPA
  • Nirson Medeiros da Silva Neto UFOPA

DOI:

https://doi.org/10.30810/rcs.v3i6.1306

Resumo

O artigo apresenta a justiça restaurativa como uma estratégia, entre
outras possíveis e necessárias, para o enfrentamento e a prevenção da violência
contra a mulher no espaço doméstico/familiar, atentando para os aspectos
socioculturais relacionados a esta modalidade de violência. A partir de uma
breve delimitação teórica da noção de justiça restaurativa e passando por um
relato de experiências que iniciaram no cenário de Justiça Juvenil e alcançaram
posteriormente o trabalho com a violência doméstica/familiar, em um estado da
região Norte do Brasil, são desenvolvidas reflexões acerca dos limites e possibilidades
de utilização de práticas restaurativas com vistas a promover reparação
para as vítimas, responsabilização ativa dos ofensores e participação, quando
adequado, de outros atores interessados (famílias e comunidade), contribuindo
assim para a transformação de padrões estruturais e culturais associados a relações
de gênero.

Downloads

Publicado

2020-05-24

Como Citar

Medeiros, J. G. P., & da Silva Neto, N. M. (2020). JUSTIÇA RESTAURATIVA: UM CAMINHO PARA O ENFRENTAMENTO E A PREVENÇÃO DA VIOLÊNCIA DOMÉSTICA/FAMILIAR CONTRA A MULHER NO ESTADO DO PARÁ. REVISTA CIÊNCIAS DA SOCIEDADE, 3(6). https://doi.org/10.30810/rcs.v3i6.1306

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)