Arqueologia Histórica no Médio Amazonas: a região de Santarém sob olhar da etnohistória e arqueologia do presente

Autores

  • Tiago Silva Alves Muniz
  • Isabel Bentes Pereira

DOI:

https://doi.org/10.30810/rcs.v1i2.480

Resumo

O presente artigo visa apresentar histórico das pesquisas em Arqueologia Histórica na Amazônia, desde o contexto etnohistórico sobre a chegada de europeus na região e estabelecimento da ocupação até o século XIX no médio Amazonas. O recorte aqui analisado é a região do Médio Amazonas, no atual município de Santarém. Através de documentação histórica, relatos de cronistas e viajantes, e investigações arqueológicas aqui são apresentadas as transformações ocasionadas nas sociedades amazônicas a partir do contato com um ideal colonizador pautado na dominação durante o período histórico, ou de contato. Assim, as dinâmicas que contribuíram para a atual configuração santarena e os encontros culturais que ali tiveram espaço são aqui percebidos pelo olhar dialético em lugares persistentes às margens do encontro dos rios Tapajós e Amazonas.

Palavras-chave: Arqueologia Histórica, Arqueologia Amazônica, Arqueologia de Contato, Arqueologia Colonial, História de Santarém.

Downloads

Publicado

2018-03-01

Como Citar

Muniz, T. S. A., & Pereira, I. B. (2018). Arqueologia Histórica no Médio Amazonas: a região de Santarém sob olhar da etnohistória e arqueologia do presente. REVISTA CIÊNCIAS DA SOCIEDADE, 1(2), 139-155. https://doi.org/10.30810/rcs.v1i2.480