História natural de uma rua na visão dos seus moradores: emoções, memória e lugares

Autores

  • Mauro Guilherme Pinheiro Koury UFPB

DOI:

https://doi.org/10.30810/rcs.v2i3.619

Palavras-chave:

etnografia de uma rua, cultura emotiva, memória, lugar, comunidade de afetos, história natural

Resumo

Este artigo apresenta etnografia de uma rua de um bairro popular da cidade de João Pessoa, através da memória dos seus moradores. Procura mostrar como as narrativas dos moradores remontam a conformação de uma cultura emotiva e o seu arcabouço moral ungidos na trama pessoal e coletiva das trajetórias que uniram homens e mulheres em um lugar, no interior de uma história natural de solidariedade e compromissos afetivos vividos por eles. Busca compreender igualmente as bases desta construção solidária, e a preocupação destes pioneiros em repassar este nós construído e experimentado como conhecimento emocional e moral aos seus descendentes. O que faz emergir, no cotidiano fazer-se da rua e dos seus moradores, um plano comum de ações e códigos de conduta para si próprios e para as novas gerações, transformando a rua em uma comunidade de afetos

Biografia do Autor

Mauro Guilherme Pinheiro Koury, UFPB

Professor Doutor do Programa de Pós-Graduação em Antropologia da Universidade Federal da Paraíba. Coordenador do GREM Grupo de Pesquisa em Antropologia e Sociologia das Emoções da mesma universidade

Downloads

Publicado

2018-08-24

Como Citar

Koury, M. G. P. (2018). História natural de uma rua na visão dos seus moradores: emoções, memória e lugares. REVISTA CIÊNCIAS DA SOCIEDADE, 2(3), 14-44. https://doi.org/10.30810/rcs.v2i3.619