Desculpe, o seu navegador não suporta JavaScript!
Buscar somente nesse site.

Universidade Federal do Oeste do Pará

Ultima atualização em 28 de Julho de 2021 às 17:05

Aberta votação para escolha do nome do Espaço de Formação Cultural da Ufopa


Até 30 de julho é possível participar da votação on-line para escolha do nome do Espaço de Formação Cultural da Ufopa, previsto para ser inaugurado no dia 6 de agosto na Unidade Rondon. A participação é aberta à comunidade em geral.

Personalidades da região do Oeste paraense, que contribuíram para cena da cultura local, estão entre os nomes candidatos na votação:

Apolinário Oliveira: artista plástico, pintor de telas e escultor reconhecido no Baixo Amazonas pelos letreiros de identificação turística;

Dica Frazão: artesã, modista e estilista paraense reconhecida internacionalmente por seu trabalho pioneiro utilizando fibras, sementes e raízes amazônicas;

Emir Bemerguy: poeta e escritor nascido em Fordlândia, atuou como colunista no jornal O Liberal, professor em escolas santarenas e autor de livros que narram o cotidiano e o amor por Santarém;

Hélcio Amaral: escritor natural de Juruti que possuía notável conhecimento sobre a história dos municípios do Oeste do Pará;

Maria Moaçara (Cunhã Moaçara): personalidade histórica muito importante, que liderou o povo Tapajó em pé de igualdade, numa era em que, entre os portugueses, eram principalmente os homens que detinham o poder;

Mestre Izauro: natural de Santa Izabel do Pará, o artesão dedicou 80 anos à arte de transformar argila em raras obras de arte, chegando a fazer réplicas das cerâmicas arqueológicas do Tapajós. Seu trabalho é reconhecido internacionalmente, e hoje seu legado é transmitido por seu neto Jefferson Paiva;

Romana Leal: artista e professora, que fundou alguns grupos folclóricos de Santarém como “Quadrilha Marque Quem Quiser” e “Boi Veludinho”, que representavam a escola Madre Imaculada no Festival Folclórico de Santarém;

Ruy Barata: poeta, político, advogado, professor e compositor brasileiro. Entre as publicações do poeta estão: Anjos dos Abismos (1943), A Linha Imaginária (1951), Violão de Rua (1962), Paranatinga (1984).

Mais informações no site da Procce.

Comunicação/Ufopa

28/07/2021

Notícia em destaque