Desculpe, o seu navegador não suporta JavaScript!
Buscar somente nesse site.

Universidade Federal do Oeste do Pará

Parceria entre Ufopa e Prefeitura de Oriximiná viabiliza acesso da população ao álcool 70%


2 de Abril de 2020 às 19:33

Até o momento, mais de 8 mil litros já foram diluídos no Laboratório de Água da Prefeitura.

Uma parceria entre o campus da Ufopa em Oriximiná e o Laboratório de Controle e Qualidade da Água, vinculado à prefeitura daquele município, está tornando possível o acesso pela comunidade em geral ao álcool 70%, recomendado pelo Ministério da Saúde para uso na prevenção do coronavírus.

Com o aumento da procura pelo álcool 70%, o produto tem sumido das prateleiras, ficando disponível apenas os com baixo ou alto percentual, a exemplo dos de 48%, 93% e 96%.

De acordo com a diretora do Campus Oriximiná da Ufopa, Dávia Marciana Talgatti, a sociedade em geral é estimulada a levar o álcool com percentual de 93 e/ou 96, até o Laboratório de Água da Prefeitura, onde os trabalhos estão sendo realizados.

No laboratório, o produto é diluído e passa a ter a porcentagem de 70%. “Esta parceria entre Ufopa e Prefeitura já existe há algum tempo, com realização de cursos, etc. Nesta de agora, a  Ufopa entra com alunos, técnicos, a água destilada e os equipamentos, como por exemplo o alcoômetro, utilizado para medir a quantidade certa do álcool. A equipe dilui, põe etiqueta e devolve para quem solicitou”.

Desde dia 19 de março, data de início dos trabalhos, chegaram aproximadamente 5 mil litros de álcool para reformulação, sendo transformados num total de 8 mil litros, que já foram devolvidos a quem fez a procura pelo serviço. O interessado entrega o álcool, faz a requisição e recebe o produto reformulado no dia seguinte.

 

/media/file/site/ufopa/imagens/2020/448f631293d5d6870fac9d1e0b610b33.jpeg
Álcool já reformulado para 70% recebe nova etiqueta.

 

Equipe – O trabalho de reformulação do álcool vem sendo realizado com apoio do técnico em laboratório de Biologia da Ufopa, Melquíades Costa, e dos discentes Auriele Salgado, Karina Munhoz, Cristiney Siqueira e Jonison Pinheiro, todos do Curso de Ciências Biológicas da Ufopa em Oriximiná. Ainda conta com a contribuição da egressa Thaís Lima (turma de Biologia de 2015), que coordena a ação do Laboratório de Controle e Qualidade da Água da Prefeitura de Oriximiná, junto com o químico Júnior Duarte.

 

/media/file/site/ufopa/imagens/2020/b24eb92edbff679885a0b4d740de2568.jpeg
Uma das voluntárias do projeto fazendo a diluição do álcool.

 

Albanira Coelho Comunicação/Ufopa

2/4/2020

Fotos: Divulgação

Notícia em destaque